Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
PUBLICIDADE
Não eram discos voadores - Pontos são satélites da constelação Starlink
06/12/2019 23:49 em Notícias

Pontos de luz no céu foram percebidos na noite desta sexta-feira (6), no Rio Grande do Sul, causando curiosidade em quem conseguiu visualizar o fenômeno. Uma imagem foi registrada às 20h42min, em Taquara, no Vale do Paranhana, pelo Observatório Heller & Jung. Conforme o diretor-técnico da Brazilian Meteor Observation Network (Bramon), Marcelo Zurita, os pontos são satélites da constelação Starlink, enviados pela empresa SpaceX. Dois lançamentos, com 60 satélites cada foram feitos recentemente: um em maio e outro em novembro, que são os vistos nesta sexta. O envio deles faz parte de um projeto que prevê distribuição de sinal de internet de forma gratuita em todo o mundo. — O que a gente vê quando enxerga um satélite é o sol refletido nele, pois eles não têm luz própria. No início da noite e na madrugada, mesmo que a gente não veja o sol, a luz já está refletindo neles — explica Zurita.

A Spacex, empresa de exploração espacial, é, atualmente, um das mais respeitadas no trabalho de lançamento de foguetes e satélites ao espaço e tem projeto em parceria com a Nasa, diz o diretor. Segundo a Bramon, os satélites estavam sobre a Argentina. O fenômeno pode ser vistos de todo o RS, e provavelmente em todo o sul e sudeste brasileiro, indica o diretor. No Estado, moradores de diversas cidades avistaram o fenômeno, como em Minas do Leão, Viamão, Estrela, Canoas, Uruguaiana, Canela, São Lourenço do Sul e São Gabriel. Crissiumalenses também relataram ter avistado as luzes.

Fonte: ZH

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!