Fair Play – Jogador bate pênalti para fora de propósito

3755
Em 2003, em um jogo entre a Dinamarca e o Irã, um jogador iraniano confundiu um apito que veio da torcida como sendo o do árbitro, encerrando o 1o tempo, e pegou a bola com as mãos na grande área. O árbitro marcou pênalti para a Dinamarca. Mas depois de consultar o treinador da selecção nacional, Morten Olsen, o jogador Morten Wieghorst chutou o penalty para fora de propósito, como prova de honestidade e fair play, e a Dinamarca perdeu por 1-0. Wieghorst e o

Site Exclusivo Para ASSINANTES. Faça a sua assinatura pelo WhatsApp: (55) 9 9614 – 8246. Este conteúdo é restrito a assinantes do site. Se você é um assinante, faça o login.

Login de Usuários
   

DEIXAR UM COMENTÁRIO

O comentário é de total responsabilidade de seu autor e está sujeito as leis que regem a utilização deste serviço online.