Suinocultura representa 65% do retorno do ICMS de Boa Vista do Buricá

Foto: reprodução Facebook/Prefeitura de Boa Vista do Buricá.

Município que possui 87 produtores de suínos e 123 pavilhões em 108 km² de extensão sedia nesta sexta-feira (11) o 43º Dia Estadual do Porco.

Conhecida como Terra de Empreendedores, a cidade de Boa Vista do Buricá, interior do Rio Grande do Sul vem se destacando nos últimos anos como uma potência na produção de suínos do Estado. O município ocupa o 5º lugar no ranking de 2016 da Associação dos Criadores de Suínos do Rio Grande do Sul (Acsurs) e sedia nesta sexta-feira (11), o 43º Dia Estadual do Porco, maior evento da suinocultura gaúcha.

Boa Vista do Buricá ocupava em 2013, a 15ª colocação no ranking com 84.702 cabeças abatidas/ano. Em 2014 o número de abates subiu para 137.296 cabeças/ano. Já de 2015 para 2016, houve um acréscimo de 6,17% no número de animais abatidos. Ou seja, de 160.428 animais passou-se para 170.333. “Para 2017, a projeção é de que o número ultrapasse as 180 mil cabeças”, disse o Prefeito Vilmar Horbach.

Com uma população de 6.574 habitantes, o município conta hoje com 87 produtores de suínos e 123 pavilhões distribuídos nos 108 km² de extensão. O resultado obtido em 2016 representa para a economia da cidade 65 % do retorno do ICMS, o que corresponde a 3,5 milhões de reais.

Para o Prefeito Vilmar Horbach, o aumento no número de abates é resultado dos grandes investimentos feitos no setor agropecuário. “A suinocultura é um investimento altamente viável e nossos produtores estão apostando cada vez mais em tecnologia genética e nutrição animal, o que gera retornos e uma produção cada vez melhor. Nossos suinocultores são motivo de orgulho para o nosso município”, completou Vili.

Fonte: Assessoria de Imprensa

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.