Feito histórico: São José do Inhacorá é 1º lugar no estado em participação de votos na Consulta Popular

Foto: Assessoria de Imprensa.

A consulta popular aconteceu nos dias 01, 02 e 03 de agosto, onde o município inhacorense conseguiu a participação de 82,78% da população, ou seja, 1.755 votos, um feito histórico para São José do Inhacorá. Os trabalhos foram coordenados pela Secretaria Municipal do Agronegócio e Meio Ambiente – S.M.A.M.A., através do Secretário Municipal do Agronegócio e Meio Ambiente, Sr. Altair Dill e o Chefe do Setor Agroindustrial, Sr. Édinan Fabricio Eckert.

O Secretário Municipal, Sr. Altair Dill, enfatizou a importância da Consulta Popular para os municípios, onde através desta, se conseguem recursos financeiros para realizar investimentos no município. A demanda votada por São José do Inhacorá e por grande parte da Região Noroeste foi a demanda da agricultura, onde o grande índice de votação garantiu o valor de R$ 110.000,00 para o nosso município, sendo que este valor será investido na cadeia produtiva do leite para melhorar os trabalhos nas propriedades rurais inhacorenses, otimizando cada vez mais essa área que é fundamental em nossa economia e precisa sempre de grande atenção.

Ainda na oportunidade, o Secretário Altair agradeceu a toda equipe da S.M.A.M.A. que se envolveu fortemente no processo de coleta de votos, fazendo um belíssimo trabalho, primando pela seriedade e transparência de todo o processo de escolha de demandas. Estendendo ainda o agradecimento para o Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar, Conselho Tutelar e Secretaria da Saúde, entidades as quais disponibilizaram seus servidores para auxiliar no processo. Altair também parabenizou a comunidade inhacorense, que abertamente se dispôs a votar e colaborar, entendendo e apoiando a demanda da agricultura, realizando esse feito histórico de 82,78% de votantes.

Fonte: Assessoria de Imprensa

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.