Confirmada a primeira morte por dengue na história do RS


A Secretaria Estadual de Saúde confirmou a primeira morte por dengue no Rio Grande do Sul neste ano. Uma mulher de 41 anos faleceu em Santo Ângelo, na região Noroeste do Estado, no dia 22 de março, vítima da doença. O Estado nunca havia registrado óbitos por dengue. Na tarde desta sexta, as vigilâncias Epidemiológica e Ambiental adotaram como medidas a manutenção da força-tarefa na Região das Missões bem como a implantação de um gabinete de crise, com o objetivo de prestar informações técnicas e definir estratégias e ações de combate à dengue nos municípios da região. Há 15 dias a força-tarefa aplica inseticidas em Caibaté, São Miguel das Missões, Mato Queimado, Cerro Largo, Rolador e Santo Ângelo. A região está em alerta epidemiológico desde 18 de março. De acordo com o último balanço, publicado no último dia 24, o Rio Grande do Sul registrava 66 casos, sendo 35 contraídos no Estado e 31 importados. O próximo boletim será divulgado na terça-feira (31). 
Caso em 2013 
A Secretaria da Saúde informou que, em 2013, uma pessoa que contraiu dengue em São Domingos do Sul, na região Norte, morreu por outra doença e, por isso, não entrou nas estatísticas de óbitos. A doença que causou a morte da vítima não foi confirmada pelo Estado.
Fonte: Zero Hora

PRONATEC/SEST/SENAT realizaram formatura



Na noite desta quarta-feira, 25 de março, ocorreu na Câmara Municipal de Vereadores de Boa Vista do Buricá a formatura de alunos do PRONATEC/SEST/SENAT dos Cursos de Eletricista Instalador Predial de Baixa Tensão e Trabalhador Doméstico. Os cursos foram realizados através de uma parceria da Administração Municipal, Secretaria Municipal de Assistência Social e PRONATEC/SEST/SENAT de Santa Rosa. O evento contou com a participação do Prefeito Dr. Antonio Mota, Presidente do Legislativo Carlos Diesel, Diretora da Assistência Social Karine Braun, Paulo Beux Diretor do SEST/SENAT, formandos e familiares. 
Fonte: Assessoria de Imprensa

Polícia Ambiental autua proprietário de açude em Nova Candelária

Foto: Comando Ambiental-Santa Rosa/divulgação
Através de uma denúncia na última segunda-feira (23), policiais do Comando Ambiental de Santa Rosa, se deslocaram até a Localidade de Linha Araçá, Interior de Nova Candelária/RS, onde constataram a irregularidade. Conforme denúncia, foi efetuado vistoria numa propriedade, onde constatou a ampliação de um açude com área de 1.600 m², em Área de Preservação Permanente, sem licença do Órgão Competente. Foi confeccionado o Boletim de Ocorrência na forma de Comunicação de Ocorrência Policial. 
Fonte: Comando Ambiental-Santa Rosa/Paulo Marques Notícias

Publicidade